Dia 071

Todos os dias eu acordo vendo as luzes dessa cidade. Sem encontrar o que procuro, o que posso achar nessas ruas? Quem vai saber quem sou?
Todos os dias eu acordo nessa cidade, e vejo apenas a fumaça da minha alma clamando por mais um dia de vida. Mas o que vai ser engraçado pra mim em salvar minha própria vida?
Eu quero ser salva, ver graça de novo nas paredes dos prédios. Tentar achar estrelas no meio das nuvens no céu. Ganhar um presente sem ter ganho nada. Eu quero sussurrar pra dentro: Estou apaixonada.
Na verdade, eu quero pensar que de vez em quando eu vou ficar esperando você numa tarde cinzenta de inverno, sentada na calçada, então os meus braços não vão ser suficientes para abraçar você e a minha voz vai querer dizer tanta, mas tanta coisa que eu vou ficar calada um tempo enorme. Vamos olhar pra mesma direção. Não tenha medo meu pequeno pássaro. Por que voaremos juntos. Você e eu.

About these ads
Esse post foi publicado em Absurdos *o*. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Dia 071

  1. gold price disse:

    “Nessa cidade todos tem felicidade, só eu vivo a lamentar…”Essa foi a frase cantada que motivou a lágrima contida pelos últimos dias. Mamãe não agüentou e quando ouviu a canção no carro chorou, tirou seu lencinho branco do bolso, descruzou os dedos, que sempre se entrelaçam nos momentos de reflexão e se acomodam abaixo dos seios, e secou os olhos…imediatamente mudei de música, sendo entrecortado pelo: Pode deixar!Mas como sempre não deixei, tem alguma coisa na dor que me incomoda a ponto de agir impulsivamente, não consigo me silenciar a dor…fico represando lágrima, soluço e choro, tem um caminho melhor?Essas tristezas devem ser vivenciadas como as alegrias, em seu extremo, em sua totalidade, deixá-las limitadas nos matam aos poucos, cada dia pouco mais vamos nos perdendo dentro da angústia que se sobrepõem e como um circulo vicioso e criam outras angústias, e esse processo de reprodução pode ser infindo…Quisera não ter mudado a música no rádio, aquelas lágrimas doíam em mim e eram mais do que tristeza, eram em cada gota gratidão, força, saudade, amor concretizado no corpo… que amor é esse que se concretiza no físico, que poder!Não toco mais no rádio, o rádio não toca mais, deixa as tristezas, tal como as alegrias, serem totais, e que sejam totalmente suficientemente…suficientes para reconhecer que a felicidade não é a ausência da dor, tal como a saúde não é a ausência da doença…mas a certeza de que quando essa acontecer a completude da vida se concretizará…Escolhi sua foto jovem, cheio de sonhos, ainda sem ter cumprido grande parte da sua jornada, pois é dessa coragem e força que hoje eu preciso para seguir adiante…hoje vivendo o todo da minha saudade que se concretiza nas lágrimas…te amo pai!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s